segunda, 16 setembro 2019

Hoje Acordei com a Veia Altéria

Hoje acordei com a veia Altéria ativada, e então decidi escrever este artigo de opinião, peço desculpa por este desabafo.

 

Hoje é um daqueles dias em que me levantei com a Veia Altéria virada do Avesso.

Como já devem ter reparado (pelo menos os visitantes assíduos), a nossa página a agranja.com.pt continua online.

Pois é, após muito refletir (e também graças a alguns “Pica Miolos” cá do Burgo) decidi continuar com esta página, e não dar o prazer de fechar a alguns/algumas. Mas não posso deixar passar em branco a crise de identidade que a nossa aldeia atravessa 

Onde está o Nosso espírito de União?? Onde está o nosso “bairrismo” outrora tão vincado na personalidade da nossa terra? Onde está o Espírito de entreajuda?? Podia continuar com o rol de perguntas que muitas havia para colocar.

Neste momento vivemos á mercê da “má Língua”, do “olho por olho, dente por dente”, da critica destrutiva (pois a construtiva faz falta, mas anda desaparecida), ao fim e ao cabo critica-se tudo e todos.

Adoro ir ao café e ouvir os mais velhos falarem da Granja do “Antigamente”, tão diferente no Hoje que parece que são apenas histórias, rábulas por eles inventadas, mas não pelos vistos era mesmo assim, e dou comigo a perguntar afinal o que Mudou?

Está mais que visto que daqui a algum tempo (não muito , pelo andar da carruagem) não vão ter muito do que dizer mal, pois a pouco e pouco, e quando esta meia dúzia de “estroinas” (espécie cada vez mais em vias de extinção na Granja) se fartar de correr por gosto, é que vão ser elas, pois é caso para dizer que não se vislumbra a luz ao fundo do Túnel.

Mas enfim “à vontade do dono, é que se albarda o Burro”.

É triste mas é a realidade.

Tomem isto como um simples desabafo, e não pensem que quero/sou melhor que os Outros.

Afinal de contas VIVA A GRANJA!!!

Hugo Galhofas

Classifique este item
(0 votos)
Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.