quarta, 19 junho 2019

Resposta do Grupo Granjarte ao Comunicado emitido pelo Grupo Flores de Abril

GRANJARTE-Grupo Feminino de Cantares Alentejanos de Granja Recebemos na nossa caixa de e-mail desta página um comunicado do grupo GRANJARTE-Grupo Feminino de Cantares Alentejanos de Granja em resposta ao recente comunicado do Grupo Coral Feminino da Granja Flores de Abril aqui publicado no dia 19 de Setembro de 2012.

De salientar que não somos nem queremos alimentar guerras, e ainda por cima torná-las do dominio público, mas ao abrigo do direito de resposta passamos a transcrever na integra.

 

  

"COMUNICADO

Depois de lermos mais um comunicado provocatório da responsabilidade do Grupo Coral Flores de Abril, com acusações muito graves ao grupo Granjarte, como a usurpação de nome, e outras calúnias não podemos desta vez calar.

Está na hora de acabar com todas estas guerras que só denigrem o CANTE E AS PESSOAS QUE O PRATICAM.

Já nos calámos muitas vezes, e como quem não se sente não é filho de boa gente, pensamos estar na hora de repôr toda a verdade em relação aos factos (calunias) que o nosso grupo tem vindo a ser alvo.

1. O grupo Granjarte foi convidado a animar o evento de observação dos astros, pelo senhor José Lourenço Quitério, evento que decorreu no passado dia 15 no seu Bar. Por lapso deste trocou o nome do grupo, quando informou a organização.

Pensamos que seria de todo mais fácil, fazer a pergunta ao referido senhor, de forma a que a verdade fosse reposta, em vez de lavar roupa na praça pública. Ou não?

Por isso como os interessados poderão constatar e conforme carta do referido senhor, não somos nós que estamos a querer utilizar o nome de outro grupo. Tudo não passa de vontade de denegrir quem faz alguma coisa pela cultura da nossa terra.

2 – Dizem que esta situação já se repetiu mais vezes (sic). Nós desafiamos os responsáveis por estas afirmações a PROVAR as calunias que publicam.

Não sabemos se é intencional ou simplesmente má formação, mas estas afirmações pretendem passar UM ATESTADO DE ESTUPIDEZ A TODOS AQUELES QUE ATRAVÉS DA NOSSA PAGINA DE FACE BOOK OU DE MAIL, nos contactam para atuações.

Na nossa página estamos identificadas como Granjarte. E é realmente certo que quer a nossa maneira de vestir quer a forma de cantar não tem nada que ver uma com a outra.

Não nos ENVERGONHAMOS de vestir como os nossos antepassados e divulgar a região que amamos – O ALENTEJO.

TEMOS ORGULHO EM SER ALENTEJANAS. TEMOS ORGULHO EM ENVERGAR VESTES ALENTEJANAS. TEMOS ORGULHO EM CANTAR ALENTEJANO E DIVULGAR AS NOSSAS TRADIÇÕES.

Queremos ainda chamar a atenção para a utilização abusiva das nossas fotos. Esta utilização é PROIBIDA SEM CONSENTIMENTO DO PRÓPRIO (artigo 79º do Código Civil Português).

“Código Penal Artigo 199.º - Gravações e fotografias ilícitas

- Quem sem consentimento: b) Utilizar ou permitir que se utilizem fotografias ou filmes referidos na alínea anterior, mesmo que licitamente obtidos.

é punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 240 dias.”

Ainda em nome da justiça queremos deixar mais uma pergunta:

O Grupo Granjarte tem tido solicitações (via correio eletronico ou face book) para os mais diversos pontos do país, desde Seia, Coimbra Leiria, Lisboa, até ao Algarve, e de várias partes do estrangeiro, como França, Jordania, Espanha, etc.

Será que todas estas organizações nos solicitam equivocadas? Estarão eles pensando que nós somos um grupo com outro nome e outras roupas? E sendo assim, será que estas pessoas todas não notaram as diferenças?

REALMENTE: ISTO É PASSAR UM ATESTADO DE ESTUPIDEZ A QUEM ORGANIZA OS EVENTOS.

A FUNÇÃO DOS GRUPOS DEVE SER CANTAR E DIVULGAR O CANTE.

NÃO É COM ESTAS ATITUDES QUE ALGUMA VEZ O CANTE SERÁ PATRIMONIO DA HUMANIDADE.

Terminamos este comunicado transcrevendo uma fábula que nos parece adequada ao momento:

“Uma cobra começou a perseguir um pirilampo inofensivo, para matá-lo. O pirilampo fugiu durante um dia, mas ela não desapareceu. Fugiu durante dois dias e ela não desistiu. Então disse à cobra: - Posso fazer-lhe três perguntas? -Podes. – Respondeu ela.

- Pertenço à sua cadeia alimentar? - Não.

- Então porque pensa acabar comigo? - Porque não posso ver-te brilhar.

Moral da história: O invejoso não perdoa o mérito.”

NOTA: Juntamos a este comunicado cópia de uma carta de agradecimento do senhor José Lourenço Quitério (Zeco)"

Classifique este item
(0 votos)
6 Comentários
  • sebastião godinho branco fradinho

    Com uma população em tão pequeno número, como é possivel que existam estas divisões?Não haverá aqui falta de bom senso?
    Cumprimentos a todos
    Sebastião Branco Fradinho

    sebastião godinho branco fradinho terça, 02 outubro 2012 22:26 Ligação de comentário
  • sebastião godinho branco fradinho

    Com uma população em tão pequeno número, como é possivel que existam estas divisões?Não haverá aqui falta de bom senso?
    Cumprimentos a todos
    Sebastião Branco Fradinho

    sebastião godinho branco fradinho terça, 02 outubro 2012 22:26 Ligação de comentário
  • Amadeu Safara

    Boa tarde
    Em primeiro lugar queria felicitar o dirigente/criador desta pagina.
    Em segundo vim deparar-me com esta por engano, procurava outra Granja, mas ao ver o conteúdo da mesma, fiquei curioso e não podia de deixar expressa a minha opinião em relação a este comunicado. Pergunto a pessoa que o escreveu sabe, ou tem o mínimo de conhecimento sobre leis e artigos da mesma?
    Pois eu tenho e vejo-me no direito de que não o deveria ter feito, é que estes devem sim ser aplicados não nestes termos, mas sim com o consentimento de uma audiência judicial, ou então por uma autoridade que tenha avalizado ambos os comunicados, o que penso que não foi o caso. Porque desde o momento em que um individuo tenha uma pagina no facebok ou em outro meio publicitário deixa de ter privacidade da sua vida.Desculpem o meu atrevimento mas não pode de deixar o meu aviso, ate porque também tenho uma costela alentejana e gosto de ouvir o cante alentejano, dai a minha deixa, ate porque o grupo em questão poderia ser penalizado sendo claro apresentada uma denuncia, mas tentem resolver a situação a bem. Um bem ajam a todos!

    Amadeu Safara terça, 02 outubro 2012 15:23 Ligação de comentário
  • Amadeu Safara

    Boa tarde
    Em primeiro lugar queria felicitar o dirigente/criador desta pagina.
    Em segundo vim deparar-me com esta por engano, procurava outra Granja, mas ao ver o conteúdo da mesma, fiquei curioso e não podia de deixar expressa a minha opinião em relação a este comunicado. Pergunto a pessoa que o escreveu sabe, ou tem o mínimo de conhecimento sobre leis e artigos da mesma?
    Pois eu tenho e vejo-me no direito de que não o deveria ter feito, é que estes devem sim ser aplicados não nestes termos, mas sim com o consentimento de uma audiência judicial, ou então por uma autoridade que tenha avalizado ambos os comunicados, o que penso que não foi o caso. Porque desde o momento em que um individuo tenha uma pagina no facebok ou em outro meio publicitário deixa de ter privacidade da sua vida.Desculpem o meu atrevimento mas não pode de deixar o meu aviso, ate porque também tenho uma costela alentejana e gosto de ouvir o cante alentejano, dai a minha deixa, ate porque o grupo em questão poderia ser penalizado sendo claro apresentada uma denuncia, mas tentem resolver a situação a bem. Um bem ajam a todos!

    Amadeu Safara terça, 02 outubro 2012 15:23 Ligação de comentário
  • francisco madeira

    Gostava apenas que pervalece.se o bom senso
    e se unissem vontades de acabar com estas qizilias.obrigado
    Francisco Madeira

    francisco madeira domingo, 30 setembro 2012 00:15 Ligação de comentário
  • francisco madeira

    Gostava apenas que pervalece.se o bom senso
    e se unissem vontades de acabar com estas qizilias.obrigado
    Francisco Madeira

    francisco madeira domingo, 30 setembro 2012 00:15 Ligação de comentário
Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.