sábado, 18 janeiro 2020

ÚLTIMAS


Festas em Honra de N.ª Sr.ª das Candeias 2020   Fique de seguida com o programa das tradicionais festas em Honra de N.ª ...
Read more
Festival Taurino - Festas em Honra de S. Brás 2020   A Praça de Touros da Granja, receberá no dia 8 de Fevereiro, ...
Read more
Mourão - Licenciamento de Armas e Explosivos A Polícia de Segurança Pública de Évora, em ...
Read more
Festival taurino por ocasião das Festas em Honra de N.ª Sr.ª das Candeias 2020   Como já vem sendo habitual foi ...
Read more
Prev Next

Vestuario

Comparando o vestuário de antigamente com o de hoje em dia denota-se uma grande diferença. Actualmente, as pessoas vestem-se de acordo com o que está mais em voga, enquanto antigamente o vestuário reflectia um pouco da cultura da região onde era utilizado. Nesta freguesia, em particular, as mulheres tinham por hábito usar camisa, colete, saia franzida, combinação, avental e lenço na cabeça. Por ocasião da morte de um familiar próximo vestiam-se todas de negro, mal se vendo os olhos, e cobriam os ombros com um xaile, que usavam até tirar o luto. Algumas mulheres, essencialmente as de mais idade, envergam ainda este tipo de traje. As calças de pano simples, camisa, colete, jaqueta, eram algumas das peças que faziam parte das vestes dos homens. O chapéu, obviamente, não podia faltar, bem como a peliça alentejana, substituída nas classes mais abastadas pela samarra e pelo capote alentejano. Nos campos, durante as tosquias das ovelhas, utilizavam os safões. O homem, tal como a mulher, tem vindo a adaptar a sua forma de vestir ás exigências da sociedade actual, embora muitos idosos continuem a usar, no dia a dia e durante as festividades, o tradicional chapéu preto e o colete.

Modificado em segunda, 03 dezembro 2018 11:09
Classifique este item
(0 votos)